Logo

Artigos - Visualizando artigo

Saiba a importância do certificado digital para sua empresa ou atividade rural

Saiba a importância do certificado digital para sua empresa ou atividade rural

Como um número de identificação de uma empresa ou pessoa física no ambiente virtual, o certificado digital garante a autenticidade dos dados na internet.

 

Já parou para pensar que da mesma forma que um ser humano precisa de uma identidade, uma empresa também deve ter uma identificação? Pensando assim, o certificado digital foi criado para diferenciar uma pessoa jurídica ou física no mundo virtual.

 

Equivalente a uma identidade eletrônica, tanto para pessoas como para empresas, esse documento virtual garante autenticidade e segurança criptografada aos adeptos dessa tecnologia.

 

Afinal o que é certificado digital?

Mas, afinal, o que é certificado digital? Agindo como um RG virtual, essa é uma identidade eletrônica de pessoas jurídicas e físicas que autentica e assegura os dados pessoais e empresariais.

 

Essa tecnologia é responsável por criptografar informações, garantindo a confidencialidade e a integridade de todas os dados trocados no ambiente virtual. Em outras palavras, o certificado digital, além de te identificar na internet, também te representa ao acessar algum site.

 

Desde 2001, essa tecnologia começou a fazer parte do dia a dia dos brasileiros por meio da Medida Provisória nº 2.200-02. Ela regulariza os contratos digitais no Brasil e permite que o certificado digital funcione como uma assinatura para documentos, validando juridicamente e evitando fraudes.

 

O certificado digital revolucionou o mercado empresarial. A criptografia dos processos online garantiu segurança, confidencialidade e legitimidade das transações entre organizações, além de diminuir os casos de fraudes, que eram frequentes. Veja as informações principais que constam em um certificado:

 

  • Chave pública do titular;
  • Nome do titular;
  • Endereço de e-mail;
  • Data de validade do certificado digital;
  • Nome e assinatura da Autoridade Certificadora,
  • Número de série.

Tipos de certificado digital

Quando se fala em tipos de certificado digital, existem diversas modalidades no mercado. Porém, as certificações mais populares e importantes diante da Receita Federal estão divididas entre pessoa física e jurídica. Veja abaixo a diferença:

 

e-CPF (pessoa física)

Voltada para pessoas físicas, o e-CPF é usado para a obtenção de cópias de declarações de Imposto de Renda, simplificações do FGTS, além do serviço cartorial via internet. É válido lembrar que esse certificado digital é de uso exclusivo dos titulares.

 

e-CNPJ (pessoa jurídica)

O e-CNPJ, ao contrário do e-CPF, é destinado a uma empresa, ou seja, uma pessoa jurídica. Tendo esse documento digital em mãos, o proprietário do negócio já pode assinar documentos virtuais com legitimidade, emitir notas fiscais eletrônicas (NF-e) e, em alguns casos, realizar transações bancárias.

 

Para ter segurança de dados, as formatações mais comuns são A1 e A3. A diferença entre esses dois tipos de certificados digitais está no armazenamento de dados e na complexidade de criptografia.

 

  • A1: é uma chave pública ou privada que é gerada diretamente do computador e fica armazenado na nuvem. Em geral, é indicada para empresas que emitem diversas notas fiscais,
  • A3: é uma chave privada que é armazenada em um dispositivo portátil — pen drive, por exemplo. Ao contrário do A1, permite somente um único acesso, por meio de uma senha.

 

Por que obter um certificado digital?

Muito utilizado para agilizar o processo de assinatura digital de documentos, o certificado digital confere validade jurídica e segurança criptografada aos arquivos virtuais, substituindo os documentos físicos.

 

Outro benefício da utilização desse documento digital é a emissão de nota eletrônica tanto para pessoa física tanto para pessoa jurídica, e também, nas transações de credito de ICMS do produtor rural.

 

Como é feito o processo de segurança de dados com o certificado?

Ao adquirir uma assinatura digital, você terá acesso a uma chave pública ou privada, ou seja, um nome e um número único que garantem a segurança do seu negócio virtual. 

 

Com essa chave, você irá compor um sistema de criptografia assimétrica, no qual os dados só serão acessados pela chave que puder decodificá-los. Vale lembrar, que, para que a segurança seja reforçada, é importante utilizar senhas fortes ao emitir o certificado junto ao ICP Brasil, usando números, letras e códigos.

 

Em mundo cada vez mais virtual, obter certificado digital garante segurança e agilidade nas transações entre os Entes Federais e Estaduais.

 


Voltar


Compartilhar

Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.

topo site
ajuda-chat
ajuda-chat
ajuda-chat_open